quinta-feira, 2 de maio de 2013

Apoio emocional


Comecei meu tratamento psicológico em meados de Julho de 2011, estava quase terminando os ciclos de quimioterapia de um total de 12 sessões, eu internava a cada 15 dias para uma nova sessão caso as plaquetas estivessem baixas seria adiada minha internação

as enfermeiras e médicas da oncologia que sempre cuidavam de mim nos 3 dias em que ficava internado no hospital tomando medicação diziam para que eu procurasse uma psicóloga no que me ajudaria bastante já que havia momentos em que eu ficava deprimido e triste naquele hospital

conheci pessoas de várias idades que estavam ali se tratando e em muitos casos eu chorava escondido ao ver crianças naquela situação, mas eu evitava chorar porque toda vez que fazia isso erra uma dor tremenda em minha cabeça por causa da quimio ser muito forte a ponto de me deixar com sequelas até hoje

enfim, tomei coragem e procurei uma psicóloga, eu tinha receio porque achava que esses profissionais tratavam de doentes mentais e não queria ser tratado como um débil, pura ilusão de minha parte

muitas pessoas desse mundo acha que só existe doença no corpo mas esquecem das doenças da alma aquela que não conseguimos enxergar e que age silenciosamente sem que percebamos mas graças a Deus existe esses profissionais podem identificar esses problemas do cérebro que muitas vezes é originária do nosso dia a dia incessante de stress e etc....

no meu caso acredito que venho carregando isso há mais tempo e com a doença só piorou, hoje passo por tratamento com uma psicóloga que logo identificou que eu tinha transtorno do humor (depressão) e me encaminhou para um psiquiatra para que fosse me passado medicações

hoje tomo essas medicações e me sinto bem melhor com outro animo, outra expectativa de vida e uma visão mais colorida da vida e esse tratamento tem me ajudado muito. Recomendo a todos os que estão passando por esse período de luta que procurem um psicólogo será de grande socorro

Parabéns a todos os guerreiros que permanecem firmes nessa luta.
Postar um comentário